Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Taquarivaí
  • Patrícia Maria Pereira de Lima - PPS
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017/2020
    Presidenta Atual
    Patrícia Maria Pereira de Lima
Próxima Sessão

21/08/2017 Segunda-feira
27ª Sessão Ordinária 2017
Local: Plenário da Câmara
20h00min
Data: 03/09/2010 Hora: 00:00:00
HISTÓRICO DO MUNICIPIO
Webline Sistemas

HISTÓRIA

 

MUNICÍPIO DE TAQUARIVAÍ

Quando o Sudoeste Paulista ainda não havia sido explorado pelo homem branco, os naturais da terra os índios, como eram impropriamente chamados já o atravessavam com muita freqüência.

 

TUDO COMEÇOU AQUI ...

Voltemos ao passado.Ano de 1769. Vinte de Setembro.Uma nova vila no estado de São Paulo é fundada: a Vila da Faxina. Naquela época nossa região achava-se despovoada. A ordem era colonizar e espalhar o poderio de Portugal aos quatro ventos do Brasil e por ordem de D. Maria I, rainha de Portugal várias vilas deveriam ser fundadas.

Nomearam o paulistano Antonio Furquim Pedroso para essa missão. Foi aí, então, que tudo começou. Faxina era um pequeno povoado, que ficava ao lado esquerdo do Rio Apiaí-Guaçu.

Este lugar ficava a 18 quilômetros da atual Itapeva e a 6 quilômetros de Taquarivaí. O lugar é conhecido também por Vila Velha.

A mudança da Vila da Faxina. Depois de 16 anos de fundação foi ordenada a mudança da Vila da Faxina para a “paragem” de Itapeva da Faxina. Esse lugar era a Sesmaria (uma grande fazenda) que ficava à beira da “Estrada Geral” que ligava São Paulo ao Rio Grande do Sul. Foi oficializada a vila com o nome de Vila de Itapeva da Faxina. Muitos viajantes que por ali passavam, indo ou vindo de São Paulo ali pernoitavam e invernavam seus animais.

 

 

PASSAGEM DAS TROPAS

Um dos suportes na ocupação do povoamento do Sudeste brasileiro foi o comércio de bovinos, outro foi o de muares. A tropa de muares tornou-se o maior sistema de transportes que o Brasil Colônia conheceu. As tropas vinham do Rio Grande do Sul pela Estrada Geral. Em Sorocaba havia a famosa “Feira de Animais”, onde os muares eram vendidos para todo o Brasil.

Apareceu assim, a figura do tropeiro, conduzindo incansavelmente as mercadorias para lugares onde o carro-de-boi não podia chegar. Os tropeiros tiveram um papel muito importante. Por estrada ruins, percorreram o sertão, vilas e cidades do Brasil inteiro. Transportavam cargas: sal, açúcar, algodão, etc. traziam e levavam notícias e encomendas. Ajudaram na formação de povoados.

 

O MUNICÍPIO DE TAQUARIVAÍ

Município é um território que pertence a uma cidade, com seus bairros, fazendas e sítios.

Até 1991 Taquarivaí foi Distrito de Itapeva, sendo criado através do Decreto n.º 5285, de 18 de fevereiro de 1959. Distrito é um pedaço de terra menor que pertence a um município, obedecendo à mesma Câmara e Prefeito. A Câmara é formada pelos vereadores e é o Poder Legislativo ( que faz as leis do município). O prefeito é o Poder Executivo (que cumpre as leis).

Em 27 de outubro de 1991 foi realizado o Plebiscito de Emancipação Político-Administrativa.

 

Através da lei n.º 7664, de 30 de dezembro de 1991, Taquarivaí alcança sua emancipação político-administrativa tornando-se município.

 

PERFIL MUNICIPAL

Município: Taquarivaí – SP

Região Administrativa: Sorocaba – SP

Município de origem: Itapeva – SP

Comarca: Itapeva – SP

 

IDENFICAÇÃO DO MUNICÍPIO – SITUAÇÃO GEOGRÁFICA

O município de Taquarivaí encontra-se na Região Sudoeste do Estado de São Paulo e Sudeste do Brasil. A Região Sudoeste de São Paulo é composta por dezoito municípios: Apiaí, Barra do Chapéu, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Capão Bonito, Guapiara, Iporanga, Itaberá, Itaóca, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itararé, Nova Campina, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul e Taquarivaí.

O município possui uma área geográfica de 235 Km2.

Encontra-se a 725 metros acima do nível do mar; o clima é temperado úmido; em relação ao relevo é predominantemente suave e suavemente ondulado; de solo fértil.

Topografia: Depressão Periférica.

Vegetação: Vegetação Natural de Porte Arbóreo, Reflorestamento, Capoeira, Cobertura Residual, Citricultura, Pastagem e Cultura Temporária.

O município é rico em belezas naturais. Seu aspecto hidrográfico conta com o Rio Apiaí-Guaçu, Lagoa "Paulina de Moraes" (no centro da cidade), Córrego da Areia e outros pequenos veios de água que o cortam.

Taquarivaí, localizada no ramal da Raposo Tavares, Rodovia SP-258, Francisco Alves Negrão, limita-se com Itapeva, Capão Bonito e Buri, a 23º55’17” de latitude Sul e 48º41’49” de longitude Oeste.

Dista 270Km da Capital, 165 de Sorocaba, 110 de Itapetininga, 28 Km de Buri, 40 Km de Capão Bonito e 22 Km de Itapeva.

 

CARACTERÍSTICAS DEMOGRÁFICAS

A população do município está assim distribuída segundo Censo IBGE 2010:

População residente – 5.151 pessoas

Homens - 2.578

Mulheres - 2.573

População residente – Urbana - 2.811

Homens - 1.373

Mulheres - 1.438

População residente – Rural 2.340

Homens - 1.205

Mulheres - 1.135

 

ASPECTOS ECONÔMICOS

A economia é predominante agrícola e pecuária, sendo responsável por parte significativa na produção de grãos da Região (milho, feijão, trigo, aveia, pipoca, soja). É no valor do produto agrícola que reside a força do setor primário de Taquarivaí.

Grandes progressos vêm ocorrendo na área de produção animal, quantitativa e qualitativamente, devido a uma significante melhoria do nível técnico, levando o município de Taquarivaí a assumir posição de liderança na formação do valor de produção da pecuária regional, destacando-se o trabalho de renomados criadores.

A Indústria conta com importantes empresas no setor de madeiras.

Principais fontes de renda e trabalho do município são:

 

01– João Marques da Silva S/A de Comércio e Importação (Faz. Três Pinheiros) -Estrada Bairro do Avencal, Km 38 - Atividade: Florestamento, Reflorestamento, Agropecuária e Fruticultura.

02– Fazenda São Paulo Agropecuária Ltda.

Estação Engenheiro Barcelar, s/nº - Atividade: Agropecuária

03– Fazenda Cerrado de Cima Israel Sverner - Rodovia Francisco Alves Negrão

Atividade: Agropecuária - Produtos – feijão, trigo, soja, milho e pipoca - Gado: Marchesiana

04– Fazenda Capituva Agropecuária Ltda. Rodovia Francisco Alves Negrão

Atividade: Agricultura – soja, milho, feijão e trigo.

05– Serraria São Luiz de Taquarivaí Ltda.

Atividade: Indústria e Comércio de Madeiras.

06 – Tak Pinus Ltda

Atividade: Indústria e Comércio de Madeiras.

07- Serraria Celgom

Atividade: Indústria e Comércio de Madeiras.

08 – Granja Alvorada

- Atividade: Avicultura

09- Fazenda Água Clara

Atividade: Agricultura – soja, milho, feijão e trigo, transporte, compra e venda de cereais

10- Cooperativa Holambra

Atividade: Agricultura – transporte secagem, compra e venda de cereais.

11- Agromaia

Atividade: Agricultura – soja, milho, feijão e trigo, transporte, secagem, compra e venda de cereais.

 

Ainda contribuem com a geração de empregos o comercio local, autônomos

 

SISTEMA ENERGÉTICO

O município é atendido pela Elektro Eletricidade S/A, jurisdicionada pela Rede Regional de Distribuição de Itapeva.

 

SEGURANÇA PÚBLICA

Atuam em Taquarivaí, no campo da Segurança Pública, a Polícia Civil e a Polícia Militar.

A Polícia Civil faz parte do Poder Judiciário, investigando e apurando o crime.

Fazem parte da equipe um Delegado de Polícia, dois Investigadores, um Escrivão, um agente Policial e dois carcereiros.

A Polícia Militar garante a segurança do município, comandada pelo Sargento Morita, Cabo Valter e Soldados Ferrarezi, Freitas e Leme.

O trabalho de Segurança Pública é totalmente integrada à comunidade, de tal forma que ganhou seu respeito e admiração.

 

BANCO

Para auxiliar o desenvolvimento, o município conta com um Posto de Serviço do Banco do Brasil no Correios além de terminal de caixa eletrônico do Bradesco, e a correspondente da Caixa Econômica Federal a Lotérica Alo Sorte.

 

TRANSPORTE DE PASSAGEIROS

O município conta com ônibus municipal e Kombis, que transportam, gratuitamente, passageiros da zona rural para a cidade e vice-versa.

Importante destacar que Taquarivaí é passagem de ônibus Intermunicipais, Interestaduais e Internacionais.

Em construção a Rodoviária local.

 

CORREIO

O município conta com uma unidade dos Correios a Rodovia Francisco Alves Negrão.

 

TELEFONE

O órgão responsável pelos serviços de telefones do município é a Telefônica e a Embratel que oferece aos seus assinantes canais de DDD e DDI, serviço de banda larga speed, além das empresas de telefonia móvel, Claro-Embratel, Vivo-telefonica, Oi e Tim, com serviços de internet banda larga e 3G.

 

TELEVISÃO

Torre de Transmissão da TV TEM (GLOBO).

Os demais canais dependem de antena parabólica.

 

SERVIÇO DE SAÚDE

O município de Taquarivaí não possui hospital. Conta com o atendimento da Santa Casa de Misericórdia de Itapeva, como referência para casos de urgência/emergência.

Possui a Unidade Básica de Saúde na cidade e nos Bairros das Pedrinhas e Formigas, onde atendem demanda espontânea e agendada.

Programas de ação desenvolvidas no município:

- Programa Agente comunitário de Saúde;

- Vigilância Sanitária;

- Carência Nutricionais;

- Dengue;

- Saúde Mental;

- Saúde Bucal;

- Assistência à mulher;

- Assistência ao Adulto;

- Assistência ao Pré-Natal;

- Dose Certa – Farmácia.

 

 

 

ABASTECIMENTO DE ÁGUA

O abastecimento de água é de responsabilidade da Sabesp, através da Estação de Tratamento de Água com aproveitamento do Rio Apiaí-Guaçu.

O tratamento da água servida à população é feita através dos seguintes procedimentos: floculação, decantação, fluoretação e filtração.

O manancial utilizado pela Sabesp – Rio Apiaí-Guaçu – atende cerca de 90% da população que se abastece de água encanada.

Existem ainda poços artesianos abastecendo a zona rural.

Existe a Estação de Tratamento de Esgoto, onde os resíduos através do processo de decantação (luz solar) recebem o tratamento necessário.

 

COLETA DE LIXO

O lixo é recolhido pela Prefeitura Municipal 2 vezes por semana e depositado no Aterro Sanitário, em Itapeva, onde recebe a cobertura de terra.

 

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Cursos diversos são promovidos, possibilitando oportunidades de trabalho, conscientização, procurando devolver a dignidade aos menos favorecidos.

- Projeto Campo-Cidade/Leite (Convênio com a Secretaria de Estado da Agricultura) O leite contribui para a redução da Mortalidade Infantil, por desnutrição no município;

- Palestras mensais com as mães das crianças que fazem parte do Projeto Campo-Cidade/Leite.

- Curso de Pintura em Tecido – proporcionando às alunas geração de renda e qualificação profissional.

- Curso de Informática (parceria entre Votorantim e Prefeitura) preparando e qualificando novos profissionais para o mercado de trabalho;

- “Melhor Idade” – Objetivo: Propor ao grupo a implantação de oficina de trabalhos manuais e momentos de integração social e lazer;

- Curso de Alfabetização para jovens e Adultos – (O município participa deste projeto com salas de aulas na escola Maria Stela Guimarães Barros com alunos de idade a partir de 16 até 65 anos. O sucesso do referido projeto é resultado da parcerias

- Projeto Complementando a Renda

- Projeto de desenvolvimento da Juventude – Visa formação, inclusão social e resgate da cidadania.

- Projeto Grupo de Gestantes – após as palestras com trabalhos sócio-educativos realizado pela Diretoria Municipal de Saúde, as gestantes são cadastradas para cursos de tricô, crochê, corte e costura, pintura e para a confecção de enxovais.

- Cursos oferecidos aos munícipes com objetivo de promover geração de renda às famílias e adolescentes, considerando o índice de desemprego e a desqualificação profissional. Parceria entre SENAR – através do Sindicato Rural de Buri e Prefeitura Municipal:

 

a) curso de artesanato em argila;

b) curso de administração rural;

c) curso de associativismo;

d) curso de derivados do leite.

- Doma racional.

- Defumados e embutidos, dentre outros.

 

EDUCAÇÃO

Nesse admirável mundo dos nossos sonhos, a Educação é a grande força da mudança, pois tem como objetivos:

- Formar indivíduos capazes de analisar, interpretar e transformar a realidade, visando o bem estar do homem, em nível pessoal e coletivo;

- Desenvolver a criatividade, o espírito crítico, a capacidade para análise e síntese, o autoconhecimento, a socialização, a autonomia e a responsabilidade;

- Colaborar para a formação de um homem com aptidões e atitudes para colocar-se a serviço do bem comum, possuir espírito solidário, sentir o gosto pelo saber, dispor-se a conhecer-se, desenvolver uma capacidade afetiva, possuir uma visão inovadora, enfim, um indivíduo para “ser e fazer mais” em lugar de “ter e usar mais”;

- Resgatar o cultivo e desenvolvimento apropriado de valores e espírito cívico, levando-o a respeitá-las;

- Aproveitar sua experiências anteriores, levando em conta seu nível de desenvolvimento físico, mental e cultural e também oferecer-lhes amplas oportunidades de crescimento intelectual e social.

 

A Escola não é apenas um local de trabalho individualizado e sim uma organização com objetivos próprios, elaborados e manifestados pela ação coordenada de seus diversos profissionais.

1008 alunos atestam o interesse e a preocupação dos habitantes do município para melhor preparar-se com vistas ao próximo milênio.

O Ensino Fundamental, de 1ª a 4ª séries tornou-se municipalizado a partir de 30/12/97 e de 5ª a 8ª séries a partir de 26/07/99.

 

No município existem as seguintes escolas:

01 – Escola municipal de Ensino Fundamental Profª. “Maria Stela Guimarães Barros”. Atende alunos da 1ª a 8ª séries, nos períodos da manhã, tarde,

02- E.E. S. Grau Profª Célia Vasques Ferrari Duch no período noturno.

02 – Escola Municipal de Ensino Fundamental Rural Prof. “Manoel Yukito Kitamura” (Bairro das Pedrinhas). Atende alunos da 1ª a 4ª séries, no período da manhã, num total de 119 alunos.

03 – Escola Estadual Profª. “Célia Vasques Ferrari Duch” que funciona no prédio da “Maria Stela Guimarães Barros” e atende no período noturno os aluno do Ensino Médio.

04 – Escola Técnica Agrícola Estadual Dr. “Dario Pacheco Pedroso”, foi criada pelo Decreto n.º 52.397 de 26/02/70. Todo o processo didático-pedagógico-administrativo é alicerçado pelo Regime Comum das Escolas Técnicas Estaduais jurisdicionadas ao centro Estadual de Educação Tecnológica “Paula Souza”. A Direção está a cargo da Profª. Rita Aparecida Navarro, pela e pela Diretora de Serviços Celeste Pezzoni. O corpo docente é composto de professores concursados, técnicos em agropecuária e processamento de dados e engenheiros agrônomos e florestais. Temos 02 coordenadores de Área. O corpo discente é formado por jovens entre 15 e 21 anos, que residem nesta cidade, em localidades vizinhas.

A escola Tecnica tem cursos nas áreas de Administração, Tecnico Florestal, Meio Ambiente, Agropecuária,

 

ESPORTES

O Esporte está presente na vida dos cidadãos taquarivaienses.

A diretoria municipal de esportes cuida para que várias modalidades se desenvolvam no município. Destacam-se atualmente o judô, futebol, futsal, capoeira,  entre outros.

Entres os esportes destaca a atuação do Futsal Feminino que é referencia regional e conquistou mais de 20 títulos importantes entre eles os jogos regionais e mais recentemente em 2012 a Copa TV Tem de Futsal Feminino

 

CULTOS RELIGIOSOS

A padroeira do Município é Nossa Senhora Imaculada da Conceição, festejada no dia 8 de dezembro. Dessa maneira, a Igreja Católica Apostólica Romana ostenta a Igreja Matriz Imaculada Conceição com trabalho de catequese, grupo de jovens, grupos de oração e outros movimentos importantes.

Outras Igrejas simbolizam a Fé do povo taquarivaiense.

- Igreja Presbiteriana com destaque para os Centros de Desenvolvimento da Criança – C.D.C.

-Igreja de Evangelho Quadrangular, baseada em 4 evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas e João. Tem por símbolo a cruz, a pomba, o cálice e a coroa.

-Igreja Assembléia de Deus

-Igreja Deus É Amor

-Movimento Espírita Kardecista

-Igreja Congregação Cristã no Brasil, e outras.

 

ASSOCIAÇÃO ACORDA BRASIL – TAQUARIVAÍ

Entidade civil sem fins lucrativos. Tem por finalidade realizar atividades em benefício do município de Taquarivaí e se seus habitantes, através de programas integrados que contemplem o caráter social cultural, educacional, esportivos, profissionalizante e ecológico ambiental.

 

CONSELHO TUTELAR DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

É órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, atendendo e aconselhando os pais ou responsável, enfim, solucionando qualquer tipo de violência sofrida por crianças e adolescentes.

Esse Conselho é formado por 5 Conselheiros os quais tem desempenhado com eficiência seu trabalho.

 

SISTEMA DE HABITAÇÃO

Segundo dados levantados através do PACS (Programa do Agente Comunitário de Saúde), o município de Taquarivaí possui 1742 domicílios

A maioria das construções existentes na zona urbana são de alvenaria, porém, existem construções de madeiras e papelite principalmente na zona rural.

Existe demanda de munícipes para melhoria habitacional, considerando que um grande número de residências estão em precárias condições.

VEREADORES – LEGISLATURA 2009 - 2012

 

Edson Valdir Sima - PSDB – PRESIDENTE -2009-2010

Mauro Ernesto Moreira - PR - VICE-PRESIDENTE-2009-2010

Patrícia Maria Pereira de Lima - PPS - 1ª SECRETÁRIA-2009-2010

Lúcio Aparecido de Lara - DEM - 2º SECRETÁRIO-2009-2010

 

Edson Valdir Sima - PSDB – PRESIDENTE- 2011-2012

Mauro Ernesto Moreira - PR – 1º SECRETÁRIO - 2011-2012

Patrícia Maria Pereira de Lima - PPS – 2ª SECRETÁRIA - 2011-2012

Lúcio Aparecido de Lara - DEM - VICE-PRESIDENTE - 2011-2012

 

 

Edivaldo Laerte Prioste - PSDB

José Benedito Silva - PSDB

João Lopes de Almeida - PR

Pedro Firmino Ferreira - DEM

Roberto Paulo - PR

 

SÍMBOLOS REPRESENTATIVOS DE TAQUARIVAÍ

As famílias importantes, isto é, os nobres de antigamente tinham como símbolo um brasão. Eram suas armas. A parte principal do brasão é o escudo. No interior do escudo havia vários desenhos que representavam alguma coisa... Embaixo do escudo havia um letreiro ou lema, às vezes escrito em latim. Em cima do escudo, uma coroa de barão, duque, etc. Os brasões eram gravados nas portas das casas e até nas louças de uso das famílias.

No Estado de São Paulo, mais ou menos por volta de 1922 é que os munícipes começaram a adotar armas. São símbolos representativos do município de Taquarivaí:

 

O Brasão de Armas Municipal:

 

brasaomenu

 

DESCRIÇÃO HERÁLDICA DO BRASÃO DO MUNICÍPIO

Escudo redondo português encimado pela grande águia em metal jalde (ouro) e sable, estendida e voltada para a direita. Um campo de blau (azul) com duas estrelas de prata; no centro ou coração de Brasão, uma cálice de metal jalde, um livro de sable e uma estrela de prata. Num campo de sinople (verde) o desenho de um bovino, de um trator e de uma roda dentada, lado esquerdo, direito, e aos pés do cálice, respectivamente. Ainda neste campo de sinople, a inferior à direita, um rio em blau. Como suporte a dextra e sinistra, duas de sinople. Finalmente no listel, com letras brancas em capo de gales (vermelho) a legenda em latim “IN MOMENTO FUTURUM”.

 

CONTEÚDO SIMBÓLICO DO BRASÃO

Escudo redondo português, baseado nas tradições e na origem étnica de nosso povo, a grande águia simboliza a proteção, a altivez, a garra do povo Taquarivaiense.

A estrela de prata à esquerda do campo de blau é a homenagem ao primeiro proprietário de terras (Doc. Paroquial – livro2, Fls. 177v). A estrela de prata à direita é a homenagem a primeira educadora (Doc. – Mapa de Movimento de Escolas Isoladas – 1937).

O cálice em metal jalde simboliza a fé predominante no município. O livro de sable expressa a cultura do povo Taquarivaiense e a estrela em prata na base do cálice simboliza o primeiro padre. O desenho do bovino, do trator e da roda dentada, representam respectivamente a pecuária, a agricultura, base da economia do Município de Taquarivaí e a Indústria, que indica o nascimento de mais uma força econômica do Município.

O rio de blau representa o Rio Apiaí-Guaçu que recorta o Município. As árvores de sinople representam o parque florestal que cobre vasta área do Município e a matéria prima para as indústrias madeireiras e resineiras de Taquarivaí. Finalmente a expressão latina “In Momento Futurum” fazendo alusão ao Taquarivaí de hoje na senda de um futuro promissor e, a data 31 de Dezembro de 1991 fixando a data de assinatura da Lei da Emancipação do Município.

 

A Bandeira Municipal

 

bandeira

 

CURIOSIDADES - VOCÊ SABIA?

 

01- Taquarivaí tem o significado de “taquara fina da beira do rio”.

 

02- A primeira professora a chegar em 1937, foi Auzinda Lyra Moreira.

 

03- O padre Manoel celebrou a primeira missa.

 

04- Antonio Medeira de Melo (esposo da 1ª tabeliã – Dona Cacilda) ia a cavalo visitar os doentes e curou muita gente com o uso da Homeopatia.

 

05- João Brandino, nos anos de 1930 foi o primeiro comerciante aqui radicalizado, mas o melhor armazém foi do João Bonito (já nos anos de 1935)

 

06- Os moradores Joaquim Manoel da Fonseca e José Antonio da Fonseca foram fundadores da Igreja, a qual tem como padroeira Nossa Senhora Imaculada Conceição.

 

07- Os irmãos Almeida, além de serem os donos de uma loja, trouxeram para cá a primeira bomba de gasolina.

 

08- O transporte era feito em lombo de burro e em carro de boi.

 

09- O primeiro caminhão foi um Studeabaker, do comerciante Vidal Antonio da Fonseca.

 

10- O Senhor Sebastião Martins dos Santos falecido em 2009 era o morador mais antigo. Residiu em Taquarivaí a 59 anos.

 

11- Sua filha Áurea Mendes Comeron é enfermeira à 15 anos e tem prestado relevantes serviços à comunidade, nesse setor.

 

12- Sra. Maria Clara Mendes de Barros também é figura importante no município, pelos valiosos serviços prestados à comunidade, esposa do Sr. Sebastião e mãe da enfermeira Áurea.

 

13- O cartório de Registro Civil durante 25 anos esteve no comando da Senhora Dircéia Schuabel de Barros que registrou como o 1º óbito o senhor Joaquim Santos de Almeida (seu sogro).

 

14- A atual fazenda Santa Cristina serviu de pousada para tropeiros. Era a antiga fazenda do “Chico Brás”.

 

15- O lugar onde ficava a Vila Faxina, hoje Vila Velha habitada por índios da tribo Guaiamã.

 

18- O primeiro candidato eleito Prefeito de Taquarivaí foi Sebastião Rodrigues de Barros. Governou de 1993 a 1996.

 

19- O primeiro Presidente da Câmara Municipal de Vereadores foi Ademar Rodrigues de barros de 1º de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1993.

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro